Skip to content

Guia Completo: Como Calcular a Parcela do Financiamento Imobiliário Passo a Passo

Se você deseja comprar um imóvel financiado, certamente já se perguntou como calcular a parcela de financiamento imobiliário. 

Essa é a preocupação de diversas pessoas, uma vez que o cálculo para saber o valor da parcela do financiamento imobiliário é um pouco complexo. 

A aMORA sabe que entender as nuances do financiamento imobiliário pode parecer assustador, mas estamos aqui para simplificar todo o processo. 

Sempre fomos uma empresa que tem como objetivo facilitar a vida dos nossos clientes, tanto que oferecemos uma ferramenta onde é possível saber o valor das parcelas do financiamento. 

Ou seja, desta maneira, o cliente não terá dúvidas se conseguirá ou não pagar o financiamento e poderá escolher a melhor opção para o seu bolso. 

Neste artigo, vamos desvendar o passo a passo necessário para calcular a parcela do financiamento imobiliário de maneira clara e concisa. Vamos lá? 

Qual a importância de entender como calcular parcelas de financiamento?

Entender como calcular as parcelas de um financiamento imobiliário é muito importante para quem está planejando adquirir um imóvel. 

Afinal, essa é uma das decisões mais significativas na vida de uma pessoa, uma vez que envolve uma série de compromissos financeiros de longo prazo. 

Portanto, ter clareza sobre o valor das parcelas e como elas impactarão ao longo do tempo é fundamental para ter uma organização financeira adequada. 

Ou seja, sabendo o processo de cálculo das parcelas, você terá uma visão mais ampla do seu financiamento e mais controle sobre sua vida financeira. 

Além disso, obtendo essa habilidade de cálculo, é possível comparar diferentes propostas de financiamento oferecidas pelas instituições financeiras.

O que constitui a parcela de financiamento imobiliário?

A parcela de financiamento imobiliário é composta por diversos elementos que precisam ser considerados ao calcular o valor mensal a ser pago. 

É essencial conhecê-los para não errar na hora da realização do cálculo da sua parcela, uma vez que elas fazem toda a diferença no resultado final. Conheça as principais: 

  • Amortização: A amortização é a parte do valor da parcela que é destinada a pagar o saldo devedor do financiamento. Todo mês, uma porção do montante emprestado é gradualmente reduzida, contribuindo para a quitação gradual do financiamento; 
  • Juros: Os juros são a remuneração que a instituição financeira cobra pelo empréstimo concedido, representando a parte do valor da parcela que corresponde ao custo do dinheiro emprestado. 
  • Taxas de Seguro: Algumas parcelas de financiamento imobiliário incluem o pagamento de seguros, como o seguro de morte e invalidez permanente (MIP e o seguro de danos físicos ao imóvel (DFI). 
  • Custos Operacionais: Além dos custos citados acima, a parcela do financiamento imobiliário também pode incluir outros custos operacionais, como a taxa de administração.

É válido ressaltar que a proporção de cada componente na parcela pode variar ao longo do tempo. 

No início do financiamento, é comum que a maior parte da parcela seja destinada ao pagamento de juros, enquanto a amortização aumenta gradualmente à medida que o saldo devedor diminui.

Como calcular parcela de financiamento de imóvel?

como-calcular-a-parcela-de-financiamento-imobiliário

Afinal, como calcular parcela de financiamento de imóvel? De início, esse pode ser um processo um pouco complexo, mas não impossível. 

Antes de calcular o valor da parcela do seu financiamento, você precisa saber qual é a modalidade de pagamento que será utilizada: Sistema de Amortização Constante (SAC) ou Tabela Price. 

Cada uma possui suas próprias características. O SAC é o mais utilizado no mercado imobiliário. No início as parcelas são altas, mas diminuem ao decorrer do tempo. 

Já na Tabela Price, as parcelas do financiamento são iguais. Ou seja, elas têm um valor fixo do início até o fim do contrato. Por isso, essa modalidade costuma ter parcelas mais baixas. 

Cálculo das parcelas de financiamento imobiliário (Exemplo)

Imagine que Maria decidiu realizar o sonho de ter a casa própria e está em busca de um financiamento imobiliário para adquirir um imóvel no valor de R$ 500 mil. 

Assim, ela entra em contato com o “banco X” e consegue um empréstimo com as seguintes condições: 360 prestações e uma taxa de juros de 0.58%. 

Para calcular as parcelas do financiamento, Maria utiliza o SAC. Nesse sistema, as prestações são decrescentes, pois os juros são calculados com base no saldo devedor restante, que é reduzido a cada mês.

Primeiramente, será necessário calcular o valor da amortização, que é a parte da parcela voltada a pagar o saldo devedor. 

Então, Maria divide o valor total do financiamento (R$ 500 mil) por 360 meses (o prazo do financiamento) e obtém o valor de R$ 1.388,88. 

Em seguida, será necessário calcular o juros. Então, Maria multiplica o valor total do financiamento pela taxa de juros mensal (0,58%) e encontra o valor de R$ 290.000.

Assim, ela soma a amortização e o juros e divide pelo número dos meses (500.000 + 290.000) / 360), obtendo o valor de aproximadamente R$ 2.194,44. 

Portanto, a parcela inicial do financiamento de Maria será de aproximadamente R$ 2.194,44. No entanto, como o modelo escolhido foi o SAC, os juros incidem sobre o saldo devedor. 

Para calcular as parcelas seguintes, Maria deve subtrair o valor da amortização (R$ 1.388,88) do saldo devedor inicial (R$ 500.000) e utilizar esse novo saldo para recalcular os juros e a amortização das próximas parcelas. 

Simulação de compra imóvel com a aMORA: Compare a aMORA com o financiamento!

compra-de-imóvel-com-a-amora

Quando o assunto é comprar um imóvel, a aMORA é uma das melhores opções, uma vez que oferece uma experiência diferenciada. 

Com a aMORA, você tem acesso a uma ferramenta muito útil que calcula as parcelas do imóvel antes mesmo de comprá-lo. 

Então, você não precisará mais se preocupar com surpresas durante a quitação da sua dívida, já que saberá todos os detalhes das suas parcelas. 

Com a aMORA, você não precisa esperar anos para ter a experiência de morar em seu imóvel próprio. 

O serviço de alugar para comprar oferecido pela aMORA permite que você more no imóvel dos seus sonhos enquanto economiza para a aquisição definitiva. 

Durante o período de aluguel, parte do valor pago é convertido em crédito para a compra do imóvel, tornando o processo mais acessível e menos burocrático. 

Então, se você deseja adquirir um imóvel sem burocracia e de maneira inovadora, conte com o serviço de aluguel para comprar da aMORA. Simule seu imóvel já! 

Conclusão 

Agora que você já sabe como calcular parcela de financiamento imobiliário, é possível encontrar as melhores soluções para a compra do seu imóvel. 

Realizar o cálculo do financiamento imobiliário pode ser um pouco complexo, mas com o passo a passo certo é possível entender de forma clara e tomar decisões financeiras mais conscientes.

Por isso, para realizar o cálculo, é necessário ter em mãos a modalidade de financiamento escolhida e os encargos envolvidos na operação.

Se você deseja uma opção mais prática e fácil, é possível contar com a calculadora da aMORA, ferramenta que calcula o valor da parcela do financiamento antes de contratá-lo. 

Além disso, se você quiser facilitar ainda mais a compra do seu imóvel, conte com o serviço de alugar para comprar da aMORA. Venha conhecer os benefícios!