Skip to content

Quanto dar de entrada em um apartamento: saiba como se planejar!

É muito raro conhecer uma pessoa que tenha comprado sua casa própria sem dividir o valor do imóve em parcelas mais acessíveis. 

Apesar de existir essa possibilidade, ainda é necessário dar um valor mínimo de entrada para o financiamento imobiliário

Os valores de entrada podem variar de acordo com o tipo de imóvel e seu preço. Por isso, o interessado deve se planejar muito bem para arcar com todas essas despesas. 

Nessas horas de indecisão de quanto dar de entrada em um apartamento, o melhor aliado é o planejamento financeiro. 

Com ele, você conseguirá saber qual é a entrada ideal para as prestações do seu financiamento se integram com seus rendimentos mensais. 

Para ajudá-lo no processo do planejamento financeiro para comprar um imóvel, neste artigo, a aMORA separou algumas dicas essenciais. Continue lendo e confira! 

Quanto tem que ter para dar entrada em um apartamento?

Antes de iniciar o seu planejamento financeiro para a compra do seu imóvel, é importante que você saiba o valor de entrada ideal para o seu bolso. 

Dessa maneira, ficará mais fácil de focar no seu objetivo e organizar suas finanças para arcar com as futuras despesas de um financiamento. 

Em média, o valor de entrada de um apartamento é 20% do valor total do imóvel. Porém, como dito anteriormente, esse montante pode variar conforme alguns fatores. 

Esses fatores podem variar de acordo com o nível de investimento e a renda familiar do comprador. 

Em geral, as instituições financeiras e bancos costumam financiar apenas 80% do valor do apartamento, o que já é grande feito. 

Nesse caso, o montante inicial, ou seja, a entrada, é paga pelo próprio interessado. Por exemplo, se o imóvel custa R$ 300 mil, o valor mínimo de entrada será, em média, R$ 60 mil. 

No entanto, bancos que possuem modelos de financiamento mais populares, como a Caixa Econômica Federal, oferecem entradas mínimas a partir de 10%. 

Ou seja, a porcentagem de entrada cobrada com base no valor total do imóvel pode variar entre 10% e 20% — tudo dependerá da instituição financeira escolhida. 

Como calcular o valor de entrada do imóvel? 

Em geral, a entrada pode variar de acordo com a renda familiar do interessado e o preço do imóvel escolhido. 

No entanto, como dito anteriormente, a porcentagem da entrada pode variar de acordo com cada instituição financeira. Algumas pedem 10% ou 20% do valor total do imóvel, inicialmente. 

Portanto, se você adquirir um imóvel de R$ 300 mil e pedir um financiamento para uma instituição financeira que cobra 10% de entrada, o valor será de R$ 30 mil. 

É válido ressaltar que quanto maior é a parcela da entrada, melhores são as condições para o restante do financiamento. 

Como se planejar para dar entrada em um apartamento?

como-se-planejar-para-dar-entrada-em-um-apartamento

Até mesmo para dar entrada no financiamento imobiliário é necessário um planejamento financeiro. A realização deste só depende da sua estratégia. 

Primeiramente, você deve considerar todas suas contas e despesas envolvidas com a operação, desde a entrada até as prestações do financiamento. 

Além disso, é imprescindível que você avalie a sua capacidade de pagamento e identifique as melhores opções de investimento para você. 

O Ailos separou algumas dicas essenciais para você se planejar para dar entrada em um apartamento. Confira abaixo! 

Planeje-se financeiramente 

Antes de dar a entrada no seu apartamento, é essencial que você comece a planejar sua vida financeira. 

Com isso, você garante o orçamento adequado para pagar as prestações do seu financiamento, despesas do condomínio e a entrada. 

Além disso, com o planejamento financeiro, você consegue montar uma reserva financeira para possíveis imprevistos durante o financiamento. 

Por isso, não deixe de realizar uma análise detalhada da sua situação financeira para, assim, definir o valor mensal que pode ser destinado para o pagamento do seu imóvel. 

Consulte as condições de cada banco e construtora 

Antes de realizar o seu planejamento financeiro para dar entrada no seu imóvel, considere as diferentes opções financeiras disponíveis. 

Essa parte é muito importante para entender as condições e taxas de juros oferecidas pelos bancos e construtoras, de modo a escolher a melhor opção para o seu bolso. 

Verifique se as condições oferecidas pelos bancos já incluem as taxas de abertura, além da possibilidade de pagamento à vista ou em prestações. 

É importante escolher a melhor opção financeira que se integre com sua realidade financeira, pois você estará investindo no seu futuro e garantindo a realização do sonho da casa própria. 

Use o seu FGTS 

Uma ótima opção para planejar a entrada do seu financiamento imobiliário é utilizando o FGTS. A alternativa é melhor ainda se o interessado tiver recursos acumulados. 

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é uma poupança que é vinculada ao trabalhador formal, onde 8% do salário do colaborador é depositado mensalmente pelo empregador. 

Esses recursos podem ser utilizados para inúmeros fins, incluindo a entrada do imóvel. Além disso, pagando parte do seu imóvel, você consegue diversas vantagens. 

Isso porque existem alguns bancos que podem oferecer taxas de juros mais baixas para utilizadores do FGTS como forma de pagamento do imóvel. 

A aMORA chegou para facilitar a compra de imóveis!

como-dar-a-entrada-em-um-apartamento

Apesar de existem diversas estratégias para a compra de um imóvel, ainda, sim, existem grandes dificuldades para comprar o imóvel próprio. 

No entanto, com o passar dos anos, foram sendo desenvolvidas soluções práticas para a aquisição de imóveis de maneira simplificada. 

O aluguel com intenção de compra é uma dessas soluções! Nessa alternativa, você consegue utilizar o aluguel do imóvel como entrada da compra. 

Ou seja, se você pagar R$ 3 mil de aluguel, durante o período do contrato, ele será reservado como parte da compra do imóvel. 

No entanto, se você não gostar do imóvel, você não será obrigado a comprá-lo. O dinheiro será considerado somente como aluguel. 

Como a aMORA entende que a compra de um imóvel é uma decisão importante e pode ser processo complicado, estamos aqui para tornar esse processo mais fácil. 

Conosco, você terá acesso a uma modalidade inovadora de aquisição de imóveis, o aluguel com intenção de compra. 

Não perca mais tempo procurando o imóvel dos seus sonhos. Escolha a aMORA e tenha mais tranquilidade para comprar a sua casa dos sonhos! 

Conclusão 

Dar uma boa entrada ao comprar um apartamento pode proporcionar muitas vantagens a longo prazo, como a redução do valor total do financiamento. 

Porém, é muito importante ter cuidado para não comprometer suas finanças pessoais e garantir que sua saúde financeira fique estável. 

Para isso, é importante que você realize um planejamento financeiro adequado, consultar as condições de cada banco e avaliar a possibilidade de utilizar seu FGTS. 

Com uma ótima estratégia, você conseguirá realizar o sonho da casa própria de uma maneira simples, segura e tranquila.