Skip to content

Como Clécio está comprando a casa onde sua filha Isabel nasceu

Clécio tornou-se o futuro proprietário de um apartamento em 2021 através do programa Alugar para Comprar da aMORA. Mas o caminho para chegar lá não foi fácil. Depois do divórcio, ele teve que deixar o apartamento em que sua filha Isabel nasceu e que dividiram por 11 anos. "Então, a gente saiu num momento de divórcio, separação, naquele meio tempo."

Quando Clécio descobriu que o apartamento com tantas memórias estava à venda, ele começou a jornada de compra do imóvel - "Eu não sei se eu compraria outro imóvel se não fosse esse". Clécio queria ter a certeza da melhor compra "Até outros imóveis que eu vi para comprar eu ficava assim... mas e aí, eu não experimentei… eu não sei ainda como é morar ali, como é a vizinhança".

clecio-isabel-amora-alugar-para-comprar

Além da certeza do imóvel, Clécio também queria uma opção mais flexível - "A questão da segurança é muito complexa né? E o processo de compra por um financiamento tradicional  não é fácil e você precisa ter um montante de entrada muito maior." Então o Clécio ouviu falar da aMORA e o time de atendimento da aMORA foi parceiro durante todo o processo de compra "Para todo mundo eu falo e aconselho são parceiros."

Um programa foi desenhado especialmente para o Clécio, para que ele pudesse comprar um imóvel e ao mesmo tempo pudesse investir também no seu negócio "Talvez eu quisesse um tempo a mais no apartamento e usar esse dinheiro da entrada para outras coisas, investir na empresa agora que a gente está saindo da pandemia."

Graças a aMORA o Clécio encontrou uma alternativa para comprar o apartamento "a gente até conseguiu um financiamento tradicional mas a gente sempre ficava pensando num meio termo." "Para carro você tem o leasing, e a aMORA chegou nesse momento que é exatamente isso, essa possibilidade de poder alugar mas já com a garantia de se você quiser o imóvel vai ser seu no final".

Para a filha de Clécio, Isabel voltar para a casa foi especial, "quando a gente voltou, inclusive a Isabel se emocionou na primeira vez que entrou."

Então, o que Clécio mais ama em ser proprietário? Todas as portas que o patrimônio abriu para ele e sua filha. "Eu acredito que é um salto na frente em termos de possibilidade. A gente sempre fica pensando porque ninguém pensou nisso antes né?" "Nossa é perfeito, era tudo que muita gente precisava era esse meio termo entre, ou você comprar à vista ou você financia de uma maneira tradicional."

 

Escute diretamente do Clécio o que a aMORA fez por ele e sua filha Isabel: